Câmara estuda regulamentar estacionamento temporário e rotativo em clínicas médicas e laboratórios


Postado em 21/07/2017

No dia 17 de julho p.p, durante votação em Sessão Ordinária da Câmara, os vereadores aprovaram o adiamento da discussão e votação, para melhores estudos, do Projeto de Lei 61/2017 - proposto pelos vereadores Marcelo Faria(PSDB) e José Pachoalotto(PV) - que disciplina o estacionamento temporário e rotativo de veículos em frente à clínicas veterinárias, para melhores estudos. No entanto, na mesma data, aprovaram uma Emenda Substitutiva a este Projeto, alterando o texto original para abranger, além de clínicas veterinárias, também clínicas médicas e laboratórios de análises clínicas, autorizando o estacionamento de veículos até o limite máximo de 20 (vinte) minutos, para consultas ou urgências e emergências.

Também foram aprovados em primeira discussão e votação o Projeto de Lei 60/2017 de autoria do vereador João Pinhoni Neto – DEM que denomina logradouro público como Avenida do Ipê e o Projeto de Lei 62/2017 de autoria do Prefeito Municipal que estabelece normas para a implantação e funcionamento de lava-rápidos, postos de troca de óleo e/ou oficinas mecânicas.

Durante a Sessão, nos termos do artigo 298 do Regimento Interno da Câmara o Senhor Assis de Lima fez uso da TRIBUNA LIVRE para falar sobre as condições do leito carroçável da Estrada da Antiga Linha da Mogiana.